Bustos Não, Relógio sim

Acervo Museu Barão de Mauá

Bustos Não, Relógio sim

O caso do pedestal vazio da praça 1º de Maio, Mauá continua desafiando a imaginação dos homens públicos. Cada qual tem uma sugestão para ocupar o pedestal, que a principio, deveria pertencer ao ex-Presidente Getúlio Vargas, Já foi indicado o Barão de Mauá, o primeiro Prefeito Ennio Brancallion (que diga-se de passagem, merece uma homenagem da nossa cidade), o expedicionário, e tantos outros vultos reais ou simbólicos da nossa história.

A mais recente ideia, no caso, foi a indicação do vereador Admir Jacomussi, Acha o edil, que todas essas pessoas apontadas são realmente merecedoras, mas, se sobre o pedestal, colocassem um relógio, isso seria muito mais benéfico para a população.
Nas considerações preliminares o edil lembra que a pça. 1º de Maio é passagem obrigatória para quase todos os mauaenses que vêm da estação e se dirigem para os bairros.
Por outro lado, em quase todas as cidades já é tradição, nas praças públicas, a colocação de relógio.

A Voz de Ribeirão Pires - 1 a 7 de Outubro de 1979 - nº 277  
Share on Google Plus

Sobre Alex Mauá

Esse texto foi trazido até você pela Equipe Mauá Memória a cidade Ontem e Hoje, ajude nosso trabalho divulgando nosso site ou enviando fotos antigas, notícias da cidade e coisas que acontecem no seu bairro entre em contato: mauamemoria@gmail.com