Carnaval em Mauá, 1957 parte II

Sua Majestade Momo desfilando pela Barão de Mauá


Carnaval em Mauá, 1957 parte II

Abrindo o Carnaval Mauaense com chave de ouro a A.E. Porcelana Real proporcionou uma noite inesquecível ao povo de nossa cidade

Já a muito que o povo de nossa cidade ouvia dizer da grandeza e suntuosidade do reinado de Momo I, isto por intermédio da radio, jornais e televisão, onde a figura do soberano máximo do tríduo carnavalesco era encarada com simpatias e antipatias próprias das figuras imaginárias.
Eis porém que para espanto de uns e descrenças de outros foi anunciado em cartazes de originais feituras que sua Majestade Momo primeiro e único chegaria sábado a estação de Mauá, fazendo tal viagem sob os auspícios do clube "caçula de Mauá", iniciando assim a festa máxima do povo em nosso Município.

Embutidos da curiosidade tão natural de quando são anunciados  grandes espetáculos uma multidão incalculável desceu à nossa principal artéria e pode presenciar, graças ao dinamismo, de que  são possuidores os diretores da agremiação porcelânica, um espetáculo dos mais deslumbrantes, iniciado com a chegada do carro alegórico ricamente trabalhado e atingindo  seu ápice quando S.Excia, o prefeito municipal fez a entrega da chave da cidade ao novo soberano.



Sua Majestade Momo I e único não querendo fazer seus súditos esperar chegou pontualmente ao horário determinando sendo recepcionado pela Escola de Samba Noel Rosa da Capital, adentrando logo após, sob os aplausos da multidão, no carro alegórico, cercado de graciosas damas de companhia.
Seguiu então o cortejo em direção a prefeitura precedidos pela Escola de Samba Noel Rosa, onde sua Excia. Ennio Brancalion, prefeito municipal aguardava o memorável instante de fazer a entrega da chave da cidade ao monarca Momo I e único, o que foi feito, tendo logo após usado a palavra em vibrante improviso saudando todos os seus munícipes, continuando seu roteiro de alegria o cortejo desfilou pela Avenida Barão de Mauá em toda sua extensão sempre incentivada pelos expectadores que não economizaram aplausos a tal realização merecendo ainda as atenções gerais das evoluções muito bem coordenadas da baliza que era realmente um misto de beleza graça e simpatia.

Eis pois, o que foi em rápidas palavras o majestoso cortejo organizado pela A.E Porcelana Real que na figura de seus dirigentes devem merecer os mais francos elogios e cumprimentos pela maneira sã e grandiosa que realizaram essa tradicional festa do povo, provando dessa forma que as grandes realizações são sempre bem recebidas e aplaudidas e mais do que isso, angariando para sua agremiação o título "pioneira" do Carnaval de rua de nossa cidade. 

Folha de Mauá, 23 de março de 1957
Share on Google Plus

Sobre Alex Mauá

Editor Chefe do site: Alex Mauá, O portal Mauá Memória tem como objetivo divulgar os trabalhos culturais de nossa região, além de também divulgar outros aspectos da cultura como a preservação da história local e de costumes regionais, quer divulgar seus trabalhos culturais no site? é só enviar um email para: abcgeek@outlook.com