Jalles Martins Salgueiro, Pioneiro da medicina

Dr. Jalles Salgueiro(à esq.) participou ativamente da política do município

Por William Puntschart 

Ainda quando cursava medicina na Universidade Federal no Paraná, Jalles Martins Salgueiro aproveitava as férias escolares em Mauá. Dessa maneira, poderia desfrutar do ar puro local, além de andar a cavalo pelas terras próximas às “Águas do Salgueiro”, denominação do antigo córrego situado no atual Jardim Salgueiro, onde seu pai, João Martins Salgueiro, tinha desde 1918, propriedade rural.

Após concluir os estudos, no inicio da década de 40, Doutor Jalles Salgueiro já era conhecido e respeitado em Mauá, pois, durante os meses em que aqui permanecia sempre atendera com atenção boa parte dos munícipes. Em virtude disso, os principais empresários e diretores das indústrias locais propuseram seu estabelecimento definitivo na cidade. Entre esses empresários, devemos citar Guido Monteggia, da Paulista; Ricardo Albrisi, químico e dono do Curtume Mauá; Edgar, diretor das tintas Anilinas; além de Alfredo Schimidt, da Real, que não pouparam esforços a fim de trazer o jovem médico para Mauá.

Sentindo-se honrado com o convite, Doutor Jalles Salgueiro passou a clinicar em seu consultório, localizado na atual Rua Prefeito Américo Perrella, no prédio em que hoje funciona uma agencia bancária. Na época eram muitas as dificuldades, além da falta de medicamentos e de lugares adequados para uma cirurgia mais delicada. Ele ainda tinha de se dirigir à casa de alguns de seus pacientes impossibilitados de se locomoverem.

Porém, durante a II Guerra Mundial (1939-1945), Doutor Jalles foi convocado, pois, além de clinico geral, era oficial da  reserva do Exercito Brasileiro. Prevendo uma longa ausência e as conseqüências que isso acarretaria à população local. Entre tantas benfeitoras sociais, foram diretamente responsáveis pela edificação do antigo Hospital e Maternidade Mauá, inaugurado em 1º de agosto de 1956.

Além de dedicar-se à medicina a à família, Doutor Jalles Salgueiro envolveu-se na política. Tanto que, por ocasião das eleições democráticas para governar e deputados estaduais, ocorridas em janeiro de 1947, contribuiu para a fundação, em Mauá, do Partido Social Progressista (PSP), agremiação que elegeu seu candidato a governador, Adhemar de Barros, Por isso, e devido à extensa  folha de serviços prestados à comunidade, tornou-se oficial de gabinete do secretário de Saúde do Estado, cujo cargo lhe proporcionou influência suficiente para instituir o 1º Posto de Saúde Municipal, no prédio em que hoje funciona uma agência HSBC, no centro da cidade. 

Share on Google Plus

Sobre Alex Mauá

Esse texto foi trazido até você pela Equipe Mauá Memória a cidade Ontem e Hoje, ajude nosso trabalho divulgando nosso site ou enviando fotos antigas, notícias da cidade e coisas que acontecem no seu bairro entre em contato: mauamemoria@gmail.com