Carta Moção - 12º Congresso de História do Grande ABC



Carta Moção - 12º Congresso de História do Grande ABC
Publicada na Coluna - Memoria - Diário do Grande ABC - 08/09/2013

CARTA MOÇÃO

Nós, participantes do 12º Congresso de História do ABC, realizado na cidade de Mauá, nos dias 11, 12 e 13 de setembro de 2013, tornamos públicas as seguintes moções:   

1- Desenvolver um circuito turístico-cultural no ABC, que dialoga com a Vila de Paranapiacaba.
2- Implantação de Arquivos Públicos em todas as cidades do ABC, em espaço próprio e adequado com profissionais da área.
3- Fortalecimento das Instituições de Memória do Grande ABC, com ênfase para o Museu de Ribeirão Pires.
4- Reconstrução da Praça 22 de Novembro, de acordo com o projeto original de Burle Marx, o Jardim Japonês e a Concha Acústica, uma das grandes perdas do patrimônio cultural da cidade de Mauá.
5- Aquisição, pelo poder público da casa que pertenceu ao artista Hans Grudzinski, por sua arquitetura diferenciada e pela importância e destaque da obra do artista. Enquanto patrimônio da Região do Grande ABC.
6- Valorização das culturas indígena e negra na Região do ABC.
7- Garantia de retorno e preservação da obra Concreção nº 005 de Luiz Sacilotto, como também a preservação de todas as obras de arte pública do ABC.
8- Instalação de placas informativas afixadas no entorno dos bens materiais tombados ou não, comunicando seu valor e significado.
9- Implantação de placas de trânsito (cor marrom) com a indicação de instituições de memória e patrimônios culturais da região.
10- Instalação de placas com a tradução de nomes indígenas de logradouros da região, valorizando nossas origens indígenas.
11- Que o prédio que hoje abriga o SENAI, seja devolvido à municipalidade, onde volte a funcionar a Biblioteca Cecília Meireles.
12- Revitalização e manutenção  dos bens culturais existentes na região.
13- Reconstrução da memória industrial, sindical e operária do Grande ABC.
14- Resgate e registro  da pluralidade religiosa do Grande ABC.
15- Valorização da história das culturas urbanas do ABC, musical, estética e socialmente.
16- Efetivação do projeto de reforma e posterior tombamento da Casa dos Autonomistas e sua transformação em Casa de Cultura, contemplando as diferentes linguagens culturais.
17- Reafirmar a revitalização do Rio Tamanduateí enquanto bem natural, cultural e de seu caráter civilizatório.


Moção de repúdio às autoridades das cidades que não prestigiaram este evento com suas presenças.


Share on Google Plus

Sobre Alex Mauá

Esse texto foi trazido até você pela Equipe Mauá Memória a cidade Ontem e Hoje, ajude nosso trabalho divulgando nosso site ou enviando fotos antigas, notícias da cidade e coisas que acontecem no seu bairro entre em contato: mauamemoria@gmail.com