"Menino da pipa" in memoriam


"O Menino da Pipa" Obra do grande artista plástico Laurindo Cid.

Laurindo Cid, ou Simplesmente L.Cid é um artista com ligação extrema com o vale paraibano, Aos 47 anos carrega uma bagagem invejável que vai da repercussão do trabalho artístico ao papel de gerenciador de projeto sociais.
Sua ligação com o vale paraibano se dá, sobretudo na década de 70, quando ainda jovem se engajou no trabalho artístico com grupos de teatro, programação visual e produções das mais diferentes linguagens artísticas.
Seu currículo está intimamente ligado a Instituições como SESC, Fundação Cassiano Ricardo (da qual tem participação preponderante na luta para sua criação) e Prefeituras Municipais como: Taubaté, Paraibuna, São Paulo, Jacareí e Mauá no grande abc. Nesta última coordenou diversos projetos e produções de lazer e cultura, além de interferir urbanisticamente na cidade com grandes totens, painéis e ladrilhos em formato de mosaico que contam a história daquela gente.
Além de seus atributos artísticos como artista plástico, produtor, ilustrador e cenógrafo; L. Cid tem uma preocupação social clara: a formação do homem integral e sonha com leveza do ser, sobretudo no mundo dos mais vulneráveis socialmente e neste sentido, desde 20 anos juntos ao Espaço Cultural ATOKA e CASA TEATRO JOÃO GIRASSOL na cidade de Jacareí, vem construindo “as utopias da paz” – a definição de um sonho possível – através de seus projetos para crianças, adolescentes e comunidade como um todo através de vivências de teatro e dança, artesanato em papel, madeira e tecidos que compõem o projeto economia solidária, entre tantas outras que funcionam regularmente nos dois espaços.
Uma particularidade do artista e humanitário é a casa teatro João girassol: peixes ornamentais, plantas diversas, teatro alternativo, brinquedoteca, tudo feito com aproveitamento de resíduos sólidos – o que ilustra sua vocação e preocupação com o meio ambiente – um lugar encantador que poderíamos chamar de um planeta/ mundo à parte do ecossistema em que se vive.

O currículo de L. Cid, que viajou diversos países da América latina e Europa que conviveu com os mais famigerados artistas, educadores, escritores e se refugiou no vale do Paraíba e não cabe numa página só, mas há sempre que se fazer uma tentativa em comunicar ao mundo algo dele e alguma coisa do que já fez e vem fazendo na nossa sociedade.
fonte: Casa Teatro João Girassol

Ficha técnica da obra

Concepção e coordenação:Laurindo Cid
Serralheria artística: Sr Waldir
Execução de mosaicos do pedestal: Reginaldo de Andrade Venâncio.
Auxiliares: Sergio Rolim e Wesley.
As esculturas foram construídas ocas e seu interior completados com cacos de porcelana cedidos pela porcelana Schmidt, Também foram usadas no pedestal pecas da Porcelana Kojima.
Essa obra era um ato concreto em homenagem a um menino Anderson que morreu na Vila Magine. Filho da professora Fátima Santana, o garoto faleceu ao cair de uma laje onde soltava pipa.
de 1997 a 2004 aconteceram no dia 7 de setembro festival de pipas com campanha de segurança. Idealizados pela professora Fátima. e realizados pelo setor de lazer
As Esculturas foram inauguradas no dia 7 de setembro de 2004

Em 2012, Edson Bueno de Camargo, postou essas imagens no grupo Mauá Memória, uma triste perda para cidade foi a destruição desse belo monumento e sem sentido algum foi feita essa demolição já que ele ficava na esquina da antiga Casa da Juventude na época,  Edson até comentou: "ela ficava no começo da Avenida Dom José Gaspar, por uma questão muito emblemática, no mesmo terreno da caixa d'água da ferrovia que também foi demolida."
Edson Bueno de Camargo: "é justamente esta, foi destruída e transformada em sucata."
Edson Bueno de Camargo: "O certo é que foi esquecido, só quis mostrar que era uma obra de arte bonita, e que a cidade perdeu com isso."
Obra produzida para comemorar os 50 anos da cidade de Mauá, que virou sucata, confiram as imagens, você se lembra? comente









Share on Google Plus

Sobre Alex Shinobi

Esse texto foi trazido até você pela Equipe Mauá Memória a cidade Ontem e Hoje, ajude nosso trabalho divulgando nosso site ou enviando fotos antigas, notícias da cidade e coisas que acontecem no seu bairro entre em contato: mauamemoria@gmail.com