Paranapiacaba (Alto Da Serra) Em 1936



O fantástico álbum de São Bernardo editado em 1936 por João Netto Caldeira além de trazer informações muito importantes sobre nossa cidade, traz tudo sobre nossa região e um texto muito bacana que encontramos nesse livro é sobre Paranapiacaba com informações detalhadas sobre a ocupação do local, saiba mais sobre a memória de sua região.

Juízo de Paz 
Criado pela lei estadual n° 1098 de 5 de novembro de 1907, o Juízo de Paz de Paranapiacaba (Alto da Serra) foi instalado solenemente em 12 de janeiro de 1908, sendo o ato presidido pelo 1° juiz de Paz, sr, João Manoel Antunes e estando presentes os 2° e 3° srs major Guilherme Pinto Monteiro e José Ramos, além de muitas pessoas graduadas, entre as quais o exmo. Sr. Dr. José Luiz Flaquer. Na instalação era escrivão interino o sr. Francisco José Pinto, que permaneceu até 6 de junho de 1908, quando foi empossado o efetivo, sr. Victor Fava de Saraiva, até hoje em exercício.
Atualmente é juiz de paz o sr. Alfredo Guzzo

Policia
Tem o distrito as seguintes autoridades policiais: Julio de Oliveira, sub Delegado: Luiz Baldan e João Dias Carrasqueiro Junior como suplentes.
O destacamento composto de duas praças é comandado pelo sargento Argemiro Rocha.

Comércio
Tem Paranapiacaba  os seguintes profissionais e estabelecimentos comerciais: 3 dentistas, 3 casas de fazenda, 3 secos e molhados, 10 botequins, 3 comércios de lenha e carvão, 2 barbearias, 2 quitandas, 4 pensões, 4 sapatarias, 2 bares, 2 açougues e tem uma casa de cada um dos ramos: frutas, extração de quartzo, loterias, cinema, diversões, moagem de café, alfaiataria, farmácia e padaria.

Fonte: Álbum de São Bernardo editado em 1936 por  João Netto Caldeira
Share on Google Plus

Sobre Alex Shinobi

Esse texto foi trazido até você pela Equipe Mauá Memória a cidade Ontem e Hoje, ajude nosso trabalho divulgando nosso site ou enviando fotos antigas, notícias da cidade e coisas que acontecem no seu bairro entre em contato: mauamemoria@gmail.com