INSCREVA-SE JÁ NO NOSSO CANAL

 



Entrevista com o caricaturista Chico Pereira

Obrigado à nosso caricaturista por responder a essas perguntas sobre o interessante trabalho que ele faz, essa é uma das melhores áreas para se trabalhar com desenho e é importante que as pessoas conheçam esse mercado e também como se iniciar nessa área que tem vagas para todos que queiram empreender.

Qual é o seu trabalho? Onde você trabalha?

Sou Caricaturista de Eventos e eu trabalho para mim principalmente e geralmente terceirizado por empresas, grupos ou pessoas. Minha profissão me permite ter mobilidade, então trabalho em quase qualquer lugar. De esquinas a casamentos, de saguões de bancos a lançamentos de telefone. Até trabalho em casa vendendo desenhos na internet.

Como você descreveria seu trabalho?

Desenhar caricaturas em eventos é uma maneira simples de descrevê-lo. Uma caricatura é um desenho humorístico de pessoas. Uma ilustração um tanto espontânea, às vezes feita na hora. As características às vezes são exageradas ou a pessoa é simplesmente caricaturada. Então, vou a um evento e desenho o máximo de pessoas que posso enquanto rio com elas sobre o desenho final.

Quais são seus deveres de trabalho?

Caricaturas atraem a multidão, então eu a utilizo para atrair as pessoas. Nesse caso auxilio nas promoções e noutros casos forneço, por sorteio, fichas para os clientes quando estou atuando em lojas.



Como você começou nesta profissão?

No ensino médio, como tarefa de classe, gostei da ideia de brincar com o desenho mostrando uma perspectiva diferente de uma pessoa.

Há alguns anos, estava procurando emprego e fui convidado para um show cultural ao ar livre. Eu disse que arriscaria montar meu stand e ver quanto dinheiro posso ganhar. Foi um sucesso e a partir daí continuei.

Que tipo de educação ou conjunto de habilidades seu trabalho exige?

Você deve ter uma habilidade de desenho (retrato, figura humana, animação, ilustração). Quase qualquer nível serviria. As caricaturas assumem muitas formas, por isso o estilo é importante. Pratique capturar a semelhança das pessoas ou você será rejeitado.

Tem um curso muito bom que recomendo nesse link aqui clique aqui

Habilidades artísticas adicionais ajudarão a aumentar sua habilidade, aumentando assim a qualidade e a velocidade de seu trabalho, o que significará mais dinheiro. Portanto, leia, pratique, faça cursos de curta duração.

Recentemente, mudei para caricaturas digitais. É o mesmo que papel, mas uma transferência de princípio e habilidade. Eu uso meu tablet ou telefone.

O que você gosta de trabalhar nessa profissão?

A liberdade de definir meus próprios preços, comparecer a eventos de casamento a luanches por telefone, encontrar e interagir com pessoas que apreciam arte e trabalhar em casa., É um nível de alegria e apreço ver alguém rir de si mesmo depois.

Este é também um pequeno negócio que é o meu segundo emprego., O que poderia ser melhor?

Precisão e velocidade são essenciais. Quanto mais consigo desenhar em uma hora com precisão, mais posso ganhar no longo prazo.

Como você ganha dinheiro?

Depende.

Os clientes me contratam por hora ou por pessoa. Quando estou sozinho, cobro o preto e o branco e as cores separadamente para acomodar as pessoas que querem, mas não têm muito dinheiro.

Quanto dinheiro você faz?

Alguém com habilidade e velocidade médias pode ganhar R$ 400 - R$ 800 para alguns trabalhos de clientes. Por conta própria, eles poderiam ganhar R$ 500 por dia ou mais em um local movimentado.

Em um ano fazendo mais de 4 grandes promoções, 3 festas de Natal, 1 casamento e mais de 1300 caricaturas individuais, todas como trabalhos paralelos, ganhei R$ 65.000,00.

Quanto melhor você for, mais solicitado será.

Qual é a parte mais desafiadora do seu trabalho?

Novamente, precisão. Essas horas também podem ser longas, especialmente para promoções, por isso é uma pressão sobre meus olhos e mãos. Uma vez fiz 60 caricaturas direto em uma cadeira desconfortável para um promotor de eventos.

Também existem períodos lentos em que você não consegue nenhum emprego. Esteja pronto para continuar praticando.

Qual foi a coisa mais gratificante que você fez em seu trabalho?

Visitei escolas com necessidades especiais, instituições de caridade para os pobres e sem-teto, orfanatos, hospitais e fiz caricaturas gratuitas.

É bom retribuir, principalmente para quem não tem muito.

Para onde você vê essa profissão - para você e para alguém que está começando?

Um negócio maior. Talvez treinar uma equipe para que eu possa estar em mais de um lugar ao mesmo tempo.

Manter-se atualizado com as novas tecnologias para oferecer melhores serviços é fundamental.

Que conselho você gostaria de ter quando começou?

Esteja pronto para ser rejeitado. Bastante!

É uma interpretação, lembre o cliente disso.

Não se orgulhe de seu próprio trabalho.

Prática!

Você recomendaria essa profissão para outras pessoas?

Sim. Até mesmo desenhistas de outras áreas se aventuraram com Caricaturas nisso e ganham muito dinheiro com isso, mas para quem está começando recomendo um curso que tem mudado a vida de muita gente que é o Vivendo de Caricatura



Postar um comentário