Rock in Mauá 28 de junho de 1996 Rock in Mauá 28 de junho de 1996 | Mauá Memória, história e Cultura




A onda festivais na região continua em alta. Desta vez, acontece o Rock in Mauá II, no dia 6 de julho, no Paço Municipal da cidade. Além de quatro bandas de Mauá, o festival será uma boa oportunidade para curtir Golpe de Estado, Harppia e Dorsal Atlântica. 

O Rock in Mauá II, que tem o apoio da Secretaria de Cultura de Mauá, terá uma variedade de estilos musicais, que vão do hard rock ao trash e death metal. Os integrantes das bandas estão animados em participar de um show que contará com a presença dos grupos veteranos. 

Os quatro integrantes da banda Evergreen, de Mauá, estarão apresentando as músicas de sua primei-ra demo, Inside Lis. Segundo o baixista Danilo Rosabone, 18 anos, esta é a primeiro vez que o grupo participa de um evento ao lado de bandas do porte de Golpe de Estado, Harppia e Dorsal, "Estamos superansiosos para mostrar o nosso trabalho para a galera do Grande ABC. E quando lembramos que estaremos no mesmo show de grandes feras, ficamos mais ainda", diz. Da mesma forma pensa o baterista da Akerya, Sandro Rogério Machado de Aguiar, 23 anos. "Vai ser muito gratificante 
ter por perto Golpe de Estado e Dorsal. Prometemos agitar o pessoal com a apresentação de nossas músicas, além de um cover do Sepultura". A banda Something in the Wind também irá apresentar um cover, que ainda não está definido, além de suas composições. "No ano passado, estávamos no Rock in Mauá como público. Desta vez, estaremos do outro lado. Vai ser uma experiência e tanto", afirma Dênis Fabrício Gomes, 19 anos, vocalista e tecladista do grupo. O death metal também estará pre-sente com a banda Corpses Conductor, que irá tocar, entre outras, as músicas de sua última demo, 
Death Supremacy. 

As veteranas, representadas pelas bandas Golpe de Estado, Harppia e Dorsal Atlântica, mostrarão os mais novos trabalhos. "É muito difícil as bandas que estão começando terem apoio da indústria fonográfica. Daí a importância desses festivais, para que o pessoal saiba que há muita gente por aí", ressalta o vocalista da Dorsal Atlântica, Carlos Lopes, 32 anos. O festival também será uma oportunidade para a Dorsal dar um presente ao público da região. Eles es-tarão fazendo o pré-lançamento de seu novo CD, Straight, que deverá estar no mercado em julho, pelo se-lo Cogumelo Records. O disco, com 23 músicas, foi gravado na Inglaterra em fevereiro. Flertando com novas sonoridades, a Dorsal se prepara para o lançamento do CD na Europa e América do Sul. "

O Grande ABC merece esta apresentação, porque é um dos nossos maiores públicos", afirma. Catalau, vocalista do Golpe de Estado, acredita que não é tão difícil as bandas conseguirem o seu espaço. "Acho que a gente tem que acreditar naquilo que faz", diz, ressaltando que um pouco de sorte ajuda muito. Outra banda veterana que estará se apresentando no Rock in Mauá é a Harppia. Com nova formação, o grupo de heavy metal e hard rock acabou de gravar o seu terceiro CD, Don t Ask for Death. "Esta é a primeira vez que a Harppia se apresenta no Grande ABC com a nova formação. Vai valer a pena", diz Bonzo, vocalista do grupo. 

Texto: Ana Lucia Venerando  

Diário da Tribo, suplemento do Diário do Grande ABC, 28.06.1996. Grandes shows, agradecimentos à Marcos Hummel pelo envio

ROCK. EU MAUÁ II - Dia 6 de julho, a partir das 14h, no estacionamento do Paço Municipal de Mauá, ao ar livre e gratuito. Bandas: Akerya, Corpses Conductor. Evergreen e Something In the Wind. Atrações: Dorsal Atlântica, Golpe de Estado.