720

 

Foto do colégio viscondinho que ficava no centro de Mauá década de 1940

Cada cidade, seja no Grande ABC como é  o caso de Mauá ou cidades como São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e Santo André, tem sua própria história para contar. Às vezes, os grandes eventos da história afetaram a comunidade, enquanto outras vezes a comunidade gerou seus próprios dramas fascinantes. Pesquisar a história local da cidade, vila ou distrito onde seus ancestrais viveram é um grande passo para entender como viviam e com eram as pessoas, lugares e eventos que impactaram o curso de sua própria história pessoal.

Leia histórias locais publicadas em livros e revistas

Histórias locais, especialmente histórias de cidades e distritos, estão repletas de informações genealógicas coletadas durante um longo período de tempo. Freqüentemente, eles traçam o perfil de cada família que morava na cidade, fornecendo uma estrutura familiar tão completa quanto os primeiros registros (muitas vezes incluindo a diários e registros de família) permitem. Mesmo quando o nome do seu antepassado não aparece no índice, navegar ou ler uma história local publicada pode ser uma ótima maneira de começar a entender a comunidade em que viveu.



Chaminé da Porcelana Mauá , década de 1940 - Acervo Museu Barão de Mauá

Mapeie a cidade

Mapas históricos de uma cidade, vila ou distrito podem fornecer detalhes sobre o layout e edifícios originais da cidade, bem como os nomes e localizações de muitos dos residentes da cidade. Mapas da sua cidade carregam informações importantes e no site da Prefeitura você pode encontrar quase todos, muitos deles são bem antigos e trazem informações daquele período histórico junto com os nomes dos proprietários. Muitos tipos de mapas históricos podem ser úteis para pesquisas de localidade, incluindo atlas de cidades e distrito, mapas de relevo e mapas de loteamentos de bairros.

Visite a biblioteca ou o Museu 

As bibliotecas são frequentemente repositórios ricos de informações de história local, incluindo histórias locais publicadas, diretórios e coleções de registros locais que podem não estar disponíveis em outro lugar. Comece investigando o site da biblioteca local ou o site que fala da história local/grupo do Facebook, procurando seções intituladas "história local" ou "genealogia", bem como pesquisando o catálogo online, se disponível. Museus, Bibliotecas estaduais e universitárias também não devem ser negligenciadas, pois frequentemente são os repositórios de coleções de manuscritos e jornais que podem não estar disponíveis em outro lugar. 

Explore os registros de tribunais e documentos jurídicos 

As atas dos processos judiciais locais são outra fonte rica da história local, incluindo disputas de propriedade, o traçado das estradas, registros de escrituras e testamentos e reclamações civis. Os inventários de bens - mesmo que não os de seus ancestrais - são uma fonte rica para aprender sobre os tipos de itens que uma família típica pode possuir naquela época e lugar, junto com seu valor relativo. 


Cortadores de Pedras de Mauá, acervo Museu Barão de Mauá


Entreviste os moradores antigos

Conversar com pessoas que  vivem  a muito tempo em sua cidade de interesse pode muitas vezes revelar informações interessantes que você não encontrará em nenhum outro lugar. Claro, nada se compara a uma visita no local e entrevistas em primeira mão, mas a Internet, Facebook, E-mail e Whattsapp  também tornam mais fácil entrevistar pessoas que vivem em bairros muito distantes. A sociedade histórica local - se houver - pode ser capaz de indicar os prováveis ​​candidatos a entrevistados. ou apenas tente pesquisar no Facebook por residentes locais que parecem mostrar interesse na história local - talvez aqueles que estão pesquisando sua genealogia familiar. Mesmo que o interesse por história da família esteja em outro lugar, eles podem estar dispostos a ajudá-lo a localizar informações históricas sobre o lugar que chamam de lar.

Pesquise no Google e nas redes sociais

A Internet está se tornando rapidamente uma das fontes mais ricas para pesquisas de história local. Muitas bibliotecas e sociedades históricas estão colocando suas coleções especiais de materiais históricos locais em formato digital e disponibilizando-as online. O Mauá Memória é apenas um exemplo, um esforço colaborativo de todos na cidade de Mauá  que se interessam por sua história  administrado por Alex Ferreira. Blogs de história local, como o Santo André Memória e Fotos históricas do ABC são todos fontes potenciais de história local. Faça uma pesquisa pelo nome da cidade ou vila junto com termos de pesquisa como história, igreja, cemitério, batalha ou migração, dependendo do seu foco específico. Uma pesquisa no Imagens do Google também pode ser útil para localizar fotos.




Leia tudo sobre isso (jornais históricos)

Obituários, avisos de óbito, anúncios de casamento e colunas sociais resumem a vida dos residentes locais. Anúncios e anúncios públicos mostram o que os residentes achavam importante e fornecem informações interessantes sobre a cidade, desde o que os residentes comiam e vestiam, até os costumes sociais que governavam sua vida cotidiana. Os jornais também são fontes ricas de informações sobre eventos locais, notícias da cidade, atividades escolares, processos judiciais, etc.

Postar um comentário