720



 Mesmo uma curta caminhada local pode conter inúmeras histórias.

Onde quer que você more, o ambiente construído conta histórias e descobrir essas histórias pode ajudá-lo a ter uma sensação de novidade, mesmo em seu entorno imediato, mesmo entre os mais familiares. “Cada comunidade tem valor e uma das maneiras de perceber isso é começar a procurar, analisar e pensar sobre isso”

Você não precisa morar em uma cidade ou distrito histórico para descobrir algo fascinante. Espaços que podem parecer mundanos - até mesmo postos de gasolina , estações de tratamento de água ou terrenos baldios - todos “nos dizem algo importante sobre as escolhas que fizemos como sociedade e podem contar um pouco da história de nossa localidade”


Treine suas habilidades de observação

Para começar a prestar mais atenção a cenários familiares, talvez você precise “treinar” seus sentidos faça uma caminhada de descoberta, na qual você se concentra em perceber o que está ao seu redor. Pode ser algo simples, Ouça as conversas que passam. Observe as novas construções e tente lembrar o que tinha ali antes e como era aquele local há alguns anos atrás.

Você pode levar um lápis e um pouco de papel e desenhar como uma forma de treinar para realmente ver o que está à sua frente. “Quando você começa a prestar atenção nas formas e no contraste, começa a treinar seu cérebro para ver as coisas como elas são, não como você as imagina”, . Tirar fotos ou vídeos também funciona. “Qualquer coisa que force você a pensar sobre enquadramento e detalhes pode ajudá-lo a ver o local de novas maneiras”, Esses detalhes vêm com histórias - histórias da natureza, infraestrutura e pessoas que podem ser verdadeiramente fascinantes.”

Questione cada detalhe

“Comece perguntando as coisas mais óbvias por exemplo: como encontrar a origem dos nomes de suas ruas e bairros usando uma simples pesquisa no Google, quebre os padrões de observação“Em vez de ver apenas 'pavimentação' ou 'parede', force seus olhos e mente a cavar mais fundo, procure coisas que você nem sabe o nome - quais são os blocos de construção que compõem essas coisas maiores e mais óbvias?  Por exemplo, "De que tipo de tijolo é feita essa parede" ou "Do que é feita a tampa do bueiro e por que ela tem uma data escrita nela, o que significa essa data?"




Mergulhe em mapas, jornais antigos e até cartões postais

Depois que você se treinar para reconhecer os detalhes menores e os padrões maiores no mundo construído ao seu redor, a seguir, veja o que isso significa para sua história, façam pesquisas cartográficas,  Os mapas dão uma ideia de qual era a área original de uma casa e quando ela foi construída em uma determinada propriedade, os mapas fornecem informações altamente detalhadas sobre o uso do solo e edifícios e podem mostrar como um lugar mudou com o tempo.

Converse com os moradores mais antigos

Aprender sobre os residentes mais antigos de sua vizinhança - ou mesmo de sua casa - pode dar mais cor à sua história. Eles podem lhe dar informações importantes sobre a evolução de sua região e falar de coisas que não existem mais em seu bairro, além de hábitos de consumo e tradições que ficaram perdidos no tempo . Se você é dono da casa em que mora, você pode verificar em seus documentos de de contrato de compra e venda a lista todos os proprietários anteriores. 




Satisfaça a curiosidade das crianças

Faça com que as crianças se envolvam nessa pesquisa, incentivando-as e faça muitas e muitas perguntas. “Se você não sabe a resposta” pesquise e traga para ela as informações que conseguir, Pesquisar sua vizinhança  mantém as crianças interessadas e entretidas, mas também permite que os adultos vejam através de seus olhos e observe as coisas que eles e questionar com o olhar das crianças


Postar um comentário